A maldição de Bella Guttman

 

kanu_25

Diversos:

Comentários [33]

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Guardar configuração" para activar as suas alterações.

Não há uma acção do Mal sem uma do Bem...

Solicitaram-me numa outra crónica para enumerar minhas prendas aos reis magos: Gaspar, Baltazar e Belchior... Que eu expressasse os meus devaneios, pelo o clube do qual sou afecto... Pois aqui está a minha solicitação, uma afronta à maldição. .. Os “antepassados” afiançavam que as palavras eram criaturas enfeitiçadas (misticismo), taças encantadas, extravasadas de poder. Os rapazes também sabiam disso e suplicavam: ..Sua bênção, meu pai... Bênção, bendição, benzer, bendizer, bem-dizer, dizer bem... Eis oposição à maldição. .. Um vocábulo, sugerido com desejo, não perduraria vazio: era como sémen, semente que faria germinar, naquele por eles atravessados, o desejo benigno por eles suplicados E o pai retorquia: - Meus desejos são parcos e pobres. Te anseio tanto bem que não basta o meu bem-dizer. Para tal, que Deus te abençoe. Que seja Ele aqueloutro que profira todo o bem com inteiro poder... .. E então, pelo milagre da imaginação, tudo se transformava em possível. Os vocábulos nasciam como cristais de poesia, ocultismo, neurose, utopia, prece, domínio genuíno de desejo. É isto que ocorre sempre que o desejo discursa e pronuncia o seu universo. Somos feiticeiros e curandeiros e a nossa palavra edifica matéria encantada, representações simples de poder, melancolia por coisas sublimes e benéficas, onde reside a risota... É apenas um anseio: pular sobre os limites que demarcam o exequível existente do utópico ansiado, que ainda não brotou. Falar o nome das realidades que não são, para partir a magia daquelas que são... Saudações

Deixa chegar o vattimo...

...que ele dá-te uma lição sobre indução e causalidade. Mas deixem que vos diga que, mesmo sendo benfiquista, esta história do Bella Guttman é uma coisa espectacular, tem as suas semelhanças com o mito de D. Sebastião. Eu cá ainda acredito que, numa manhã de nevoeiro, o Bella Guttman vai voltar para tornar o Benfica campeão europeu novamente. Nem que isso demore 100 anos!

É Fragoso..., lição de «Indução e Causalidade»!!!

Mas, será possível que a vista HUMANA não dislumbre, onde esta gente estaciona as NAVES!!! E lá voltamos a Niilismo para Niilistas, pouco adepto do empirismo ou espiritas, vive-se de divagações... Ai, ai indução e ainda se fosse casualidades, é que de forças indutoras só conheço as induzidas por causas motoras!!! Jadscl

BALELAS!!!

(...) Porém, até que ponto podemos misturar o futebol com o misticismo? (...) Misticismo ou balelas é a melhor maneira de amedrontar pessoas fracas e com necessidade de apoio por via a sacar-lhes dinheiro. No futebol à dirigentes capazes, estrutura, treinador e equipa; estes são os únicos intervenientes com verdadeira influência no sucesso de um Clube Futebol! Depois à os extras mais dinheiro melhores condições e equipa, maior dinâmica e melhor táctica mais vitórias. E por último o polícia do jogo, sorte e azar! (...) Ou acreditam que serão apenas coincidências? (...) Nem misticismo, nem coincidências, isso é uma forma ingénua de ignorar o trabalho de todos os intervenientes do futebol. Quando (...) Bella Guttman disse um dia: « sem mim nunca mais o Benfica voltará a ser campeão europeu ».(...) Pretendia apenas dizer que dificilmente o Benfica voltaria a reunir as condições ideias para ser campeão. Ou seja o treinador estava a dizer que o seu papel tinha sido primordial para as conquistas benfiquistas. esse é o verdadeiro sub-texto... O mesmo se pode dizer do Mourinho quando saiu do Futebol Clube do Porto e fizeram a observação que ele não seria campeão europeu por outros clubes. Na altura também estavam a considerar que muito dificilmente o "Special One" independentemente das somas que lhe dessem e das condições que lhe oferecessem iria encontrar a dinâmica e envolvimento que o Porto na altura lhe proporcionou rumo às vitórias. Não existem poderes místicos, sobrenaturais e outras balelas que só vemos nos filmes de ficção cientifica. Não é um argumento válido!!! O que existe é a análise das pessoas sobre circunstâncias específicas. Cumps

A maldição de Bella Guttman

A respeito deste artigo apenas queria deixar dois aspectos: 1) A crença no Além, nos factores extra-sensoriais, nos fenómenos paranormais funcionam quase sempre como um refugio, tipo almofada, à qual nos encostamos quando nada parece ou faz mais sentido. Por isso faz-me uma certa confusao quando se fala em ciência astrológica, quando temos como ciência algo de exacto e concreto. Lógicamente que estas crenças não passam disso mesmo: crenças. Quem quiser acreditar, acredita. Se refutarmos liminarmente estas ideias estaremos muitas vezes a tirar o ultimo factor psicologico de resistencia ás evidencias que nos surgindo e isto pode ter o efeito negativo da desmotivação perante uma luta que muitas vezes nos levam ao desepero perante situações dramáticas da vida. Acredito que Bella Guttman estaria a subentender que seria o mais brilhente treinador Benfiquista de todos os tempos. O mais inovador. Talvez o mais carismatico. E ele sabia-o. E fez questão de deixar essa marca não só através de titulos mas também através desta frase que, quer queiramos quer não, fica indissociavelmente ligada ao Homem. Mais um aspecto: ainda hoje falamos nela porque de facto o Benfica não mais se sagrou Campeão Europeu. Coincidências, creio eu. 2) Gostaria de saudar o regresso do autor deste artigo, que se a memória não me atraiçoa faz muito tempo que não aparecia por aqui. Logo ele que foi um dos muitos responsáveis pelo meu apego ao forum por volta de 2006. Kanu, pa, escreve mais vezes... Abraço

lol...Vou por uma maldição ao Jorge Nuno!!!

Se não comprar jogadores ao nível do Porto,NUNCA MAIS VAI SER CAMPEÃO EUROPEU!!! Guardem para futura referencia ;)... Enfim,pintices...

Numa de copy-past

Algumas citações desse Senhor que podem ser úteis (se é que ainda vai a tempo) a um treinador cá da praça: - O «passa, repassa e chuta» é indispensável para chegar ao golo. - Só isso? - Marca e desmarca. Se a bola não é nossa, marca; se a bola é nossa, desmarca. Este é o princípio, o princípio fundamental. - Cada equipa precisa de ter um sistema próprio, adaptado às características dosseus jogadores. E assim como um alfaiate não faz o mesmo feitio de fato para um corcunda ou para um homem normal, do mesmo modo um treinador de futebol não pode dar a todas as equipas que treina o mesmo figurino de jogo. Numa equipa, não chega, apenas, classe. Há necessidade também de espírito de luta. Não pode haver boas equipas sem espírito de luta. - Sempre me interessou mais que o ataque fizesse mais golos do que obrigar a defesa a não os sofrer. Não me desgosta nada que o adversário marque três ou quatro golos desde que a minha equipa marque quatro ou cinco... - Primeiro, marcar golos; depois tentar não os sofrer. Eis a filosofia do meu futebol. - As equipas orientadas por mim não costumam jogar à defesa. Os bons resultados conseguem-se jogando ao ataque. Quanto muito tolero que se defenda o resultado se este for favorável e se cifrar na diferença mínima nos últimos dez ou quinze minutos do encontro. Mas só nessa hipótese. - Sou um técnico que não se aproveita dos jogadores. Quando perdemos perco eu, quando ganhamos ganham eles. É muito mais lindo assim. Ok, assumo que este copy-past é mesmo dedicado ao Jesualdo ;-))

Re: Numa de copy-past

E que bem aplicado que é!

Re: Numa de copy-past

Ainda lhe dei crédito até ao último jogo. A partir daí (pela exibição) ninguém verá mais um elogio meu para com tal pessoa! Cumps

Quem já foi ver o Sherlock Holmes...

... perceberá que a falta de conhecimento pelo desconhecido gera o medo/receio que por sua vez gera respeito por quem sabe lidar com isso. Ora aqui a palavra chave é SABER. O saber não ocupa lugar, mas ocupa no tempo. Quando Bella Guttman disse que o Benfica não iria voltar a ser campeão europeu sem ele ao comando, estava subentender que ele estava para além do seu tempo. Tinha o saber para transformar o Benfica naquela máquina de bom futebol. Mais nenhum treinador conseguiria naquela altura tais resultados. Mais nenhum tinham os seus conhecimentos para tal. Já agora, por exemplo, sobre o bruxo Pepe e a sua profecia perante a lesão do CR9, que o deixou no "estaleiro" durante 50 dias. Sinceramente, não me imprecionou minimamente essa previsão do bruxo. Até achei piada ouvir muita gente a proferir aquele dizer tão popular "não acredito em bruxas, mas que as há... há!". Mas a verdade é que ninguém se lembrou que o CR9 é um jogador que sofre todos os jogos um desgaste físico e mental de outros jogadores. É o alvo perfeito, é o jogador que mais arrisca, logo mais sujeito a situações de risco, etc e tal. Sinceramente, apenas acredito que só os tipos das seguradoras percebiam que o que o bruxo disse não foi mais do que apenas uma constatação de mais de uma dezena de ferramentas de análise de risco que possuem em seus portáteis. Como pessoa de bem que sou, jamais acreditarei nessas maldições, muito pelo contrário, penso que isso até reforça mais o querer atingir determinado objectivo, o de triunfar.

Tem MEDO, tem muito MEDO, os BRUXOS, zunem

por aqui... «Ó Chavalo, só agora é que chegaste à conclusão, que isso são meras patranhas/intrujices, para enganar incautos e pobres de espírito e assim vivem e sobrevivem muito bem, enganando essa gentinha (tipo as que só se lembram da Santa bárbara quando troveja ou quando existe um percalço quer económico ou de saúde acreditam em tudo e enchem os bolsos de salteadores e ladrões que não precisam de o ser, porque essa gente inculta/burra, lhes vai lá levar o graveto/pilim e ainda saiem de de lá satisfeitos como os que vão pagar a dízima ao reino do belzebu!!! Vidé, o caso de um energúmeno que espetou agulhas no corpo do próprio filho!!!, que coisa macabra, este anormal deveria acreditar em Voudou em vez de ser em bonecos em crianças, haja pachorra de tanto anormal neste Mundo, cada vez mais maquiavélico. Voltando ao Bruxo para o Pepezinho rápido a aparecer nos jornais, também disse que o C.R. apareceria de cara inchada, será que se enganou e era as «badeixas do cú que incharam», que para-anormais e cada vez são mais!!! E você só passou a ter outra opinião, quando viu o novo filme sobre o «"INGALÊS o Ti Sherlock para o Holmes...» Fico-me por aqui, não tenho pachorra, para idiotices e palermices e demais aldrabices!!! Jadscl

Só ser for...

... com o menino Jesus para quebrar a maldição...

Re: A maldição de Bella Guttman

Acho que ninguém sabe se são coincidências ou não. Mas que eu gostava de ouvir a resposta do Veloso (António, não do Miguel) a essas perguntas, isso gostava... Cumps

A maldição de Bella Guttman

Seja maldição ou não, misticismo ou não, crenças ou não, ou até macunbas ou não, o que é certo é que depois o Bella Guttman ter saído do Benfica o Benfica foi a nada mais nada menos do que a 5 finais da Champions e a outra final da Taça UEFA, e os canecos ficaram todos do lado dos adversários, aqui deixo um dos textos que encontrei sobre o Bella Guttman Leiam e orgulhem-se !!! BELA GUTTMANN: (1905-1981) «O Feiticeiro húngaro» "O pasa-repassa-chuta são indispensáveis para chegar ao golo. Marca e desmarca. Se a bola não é nossa, marca. Se a bola é nossa, desmarca. ESte é o principio fundamental do futebol!" Bella Guutmann, 1962 Calmamente, na corrente do tempo, foi-se caminhando até á década de 60, aquela que, contemplando a histórias do século é pacifico afirmar que inventaram uma nova forma de viver a vida. Era um tempo em que o Benfica e o futebol português viviam postos em sentido por um treinador húngaro de chicote: Bella Guttman, que dois anos antes, em 1959, cometera a proeza de sagrar-se campeão nacional pelo FC Porto, apagando a nostalgia portista pelo brasileiro Yustrich, o técnico com fama de duro, que, em 1956, conquistara um titulo nacional que fugia das Antas desde há 19 anos, depois do último, que já remontava a 1940. Apesar de adorado e convidado para renovar pelo FC Porto, acabaria por, quase clandestinamente, sem dizer nada aos directores azuis e brancos, rumar a Lisboa, ao Benfica. Deixou uma carta onde explicava que era por causa do clima frio do Porto, aquele nevoeiro tinha lhe provocado crónicas dores nas costas. Necessitava, por isso, do sol do sul, mas na verdade o canto de sereia era outro: 400 contos por ano, 150 pela conquista do campeonato, e 50 pela Taça. Na hora de assinar, conta-se que exigiu então também a inclusão de um prémio por vencer a Taça dos Campeões. Os directores do Benfica riram-se. Para eles era impensável esse triunfo europeu. Guttman pediu 200 contos. “Oh, Homem não ponha 200, ponha mais 100!”. Guttman achou bem. Ficou 300 contos. Nos dois anos seguintes, em 1960, em Berna, frente ao Barcelona, 3-2, e em 1961, em Amsterdão, contra o Real Madrid, 5-3, o Benfica sagrava-se bi-campeão europeu. Guttman, legítimo representante da dourada escola centro europeia, na vertente austro-hungara que tantas maravilhas dera ao mundo de futebol até essa década de 50, mudara a forma de Portugal entender o futebol. É curioso assinalar que quando chegou a Portugal, Guttman tinha já 54 anos e quando conquistou a primeira coroa europeia tinha 56. Antes, embora tivesse treinado grandes equipas, como o Rapid e Áustria de Viena, Milan, Ujpest e São Paulo nunca lograra um titulo de tamanha grandeza. Era um motivador, cativava pela forma desengonçada como tentava falar português. Com ele, ninguém podia pisar o risco. Depois do profissionalismo paterno de Otto Glória, chegava a disciplina de chicote de Guttman, misto de Ulisses e Paracleto, como lhe chamou o Mundo Desportivo em 1962. Para regressar ás raízes e aprender, nos tempos modernos, os ensinamentos de Bela Guttmann nada melhor do que mergulhar nas dezenas de entrevistas que o técnico húngaro concedeu durante os sete anos que viveu em Portugal e retirar, sem descontextualizar as respostas, o seu pensamento sobre o futebol. As declarações de Guttmann, um dos maiores treinadores de sempre, resultam de conversas mantidas com os jornalistas de A BOLA Alfredo Farinha, Álvaro Braga, Cruz dos Santos e Justino Lopes. As perguntas, que permitem a manutenção do espírito subiacente aos diálogos originais foram elaboradas, por José Manuel Delgado, no sentido de manter a dinâmica do texto, no mais estrito respeito pelas ideias expressas pelo feiticeiro magiar. - Por que vectores passou o sucesso do Benfica de Guttmann? - O segredo do êxito do Benfica não esteve na aplicação de teorias psicológicas mais ou menos ousadas e eficientes mas sim na estruturação da equipa segundo um modelo de jogo colectivo, tanto quanto possível perfeito. - A final com o Real Madrid foi muito difícil? - Se eu treinasse o Real Madrid, creio que teria derrotado o Benfica, principalmente se tivesse desfrutado de uma vantagem de 2-0. O Benfica, com dois socos em cheio, vacilou. Se tivesse apanhado um terceiro murro, teria caído. - Quais os termos exactos da sua famosa maldição, que continua a dar muito que falar... ? - Nem daqui a cem anos um clube português volta a ganhar duas vezes seguidas a Taça dos Campeões. Foi difícil ser treinador do Benfica? - Contra o Benfica, todos valem, ou fazem por valer, o dobro daquilo que efectivamente valem. É uma guerra santa. - A mística do Benfica é apenas um mito? - Só quem está lá dentro do Benfica é que pode saber o que é a mística. Eu, antes, já tinha ouvido falar na mística. Mas encolhia os ombros. Não sabia o que era. Francamente, até pensava que não fosse nada, que não passasse de uma simples e vã palavra. Agora, porém, que a conheci, senti e vivi, afirmo-lhe que ela existe. Não há nenhum clube do Mundo que possua mística igual à do Benfica. E é este, afinal, um dos grandes segredos dos seus êxitos e da sua força. - Não está a exagerar? - Não. Tentarei explicar algumas das suas manifestações exteriores mais palpáveis. Veja, por exemplo, a sua massa associativa. Chove? Está frio? Faz calor? Que importa? Nem que o jogo seja no fim do Mundo, entre as neves da serra ou no meio das chamas do Inferno, por terra, por mar ou pelo ar, eles aí vão, os-adeptos do Benfica, atrás da sua equipa. Grande, incomparável, extraordinária massa associativa! - E os jogadores sentem esse clima? - Nunca encontrei jogadores que sentissem tanto a camisola como os do Benfica. Mesmo que não sejam tecnicamente famosos, tornam-se futebolistas assombrosos e temíveis. É a mística do Benfica, compreende? É adepto da rigidez táctica? - Creio nas tácticas e na sua necessidade. - É fácil transmitir a táctica e a estratégia aos jogadores? - Escreveram-se tratados sobre estratégia e táctica. Mas o jogador não é um estudante universitário, é sobretudo um prático. E só passa a acreditar nesta estratégia ou naquela táctica se ela se lhe demonstra em campo. - Há fórmulas simples no futebol? - O «passa, repassa e chuta» é indispensável para chegar ao golo. - Só isso? - Marca e desmarca. Se a bola não é nossa, marca; se a bola é nossa, desmarca. Este é o princípio, o princípio fundamental. - Outro conceito... - O sistema para os homens e não os homens para o sistema. - Quer explicar melhor? - Cada equipa precisa de ter um sistema próprio, adaptado às características dosseus jogadores. E assim como um alfaiate não faz o mesmo feitio de fato para um corcunda ou para um homem normal, do mesmo modo um treinador de futebol não pode dar a todas as equipas que treina o mesmo figurino de jogo. Numa equipa, não chega, apenas, classe. Há necessidade também de espírito de luta. Não pode haver boas equipas sem espírito de luta - Qual a sua fórmula para atacar? - Passe curto nas imediações da grande área contrária para aumentar a precisão; passe longo, quando se está longe da baliza para, ganhar distância. - Mas, com passes curtos não se perde objectividade? - O passe curto não pode manietar a ideia do remate. - Considera-se um treinador de ataque? - Sempre me interessou mais que o ataque fizesse mais golos do que obrigar a defesa a não os sofrer. Não me desgosta nada que o adversário marque três ou quatro golos desde que a minha equipa marque quatro ou cinco... - Dito assim, parece simples... - Primeiro, marcar golos; depois tentar não os sofrer. Eis a filosofia do meu futebol. - E as tácticas defen sivas? - Como é que o futebol pode ser um espectáculo maravilhoso se lhe faltarem golos? - Não abre excepções, é sempre ao ataque? - As equipas orientadas por mim não costumam jogar à defesa. Os bons resultados conseguem-se jogando ao ataque. Quanto muito tolero que se defenda o resultado se este for favorável e se cifrar na diferença mínima nos últimos dez ou quinze minutos do encontro. Mas só nessa hipótese. - Como se faz um bom jogador? - Um bom jogador de futebol tem de possuir 50% de bom executante e 50% de condição física. São atributos que não podem deixar de coexistir, sob pena de ambos deixarem de ter valor. Em futebol não há limites. É sempre possível fazer mais qualquer coisa. Nunca se pode dizer que se atingiu o máximo. Como chega ao onze que manda para dentro do campo? - A resolução final da constituição da equipa depende também de factores importantes como o campo, o estado do tempo e também o nariz dos jogadores. O nariz é muito importante, ' sabe? Se algum se constipa e não respirar bem, não joga. - Quem é a vedeta, o treinador ou os jogadores? - Sou um técnico que não se aproveita dos jogadores. Quando perdemos perco eu, quando ganhamos ganham eles. É muito mais lindo assim. - A sorte e o azar fazem parte do futebol? - Não tenhamos dúvidas. Sem sorte não se conseguem bons resultados no futebol. Só com sorte nada se consegue. Essa sorte de que tanto se fala faz parte do futebol, é dele, pertence-lhe, tal são seus os golos, os pontapés de canto ou os penaltys. Não se podem dissociar. E a sorte, como consegue? - E preciso saber pela lutar pela sorte, ou antes, não nos esquecermos dela em todas as circunstâncias. Quando se está em «dia não» luta-se pela sorte; quando se está em «dia sim» basta aproveita-la. Compreende senhor? Nada tem nada de complicado

Re: A maldição de Bella Guttman

Onde é que encontraste isto??

Re: A maldição de Bella Guttman

Foi uma simples pesquisa no Google, mas deixo-te aqui o link. http://www.serbenfiquista.com/forum/index.php?topic=41.0;wap2 Cumps.

Re: A maldição de Bella Guttman

Agradecido. Gosto particularmente da personagem do Guttmann e tudo aquilo que rodeiou o Benfica destes anos, pelo que irei juntar o link aos favoritos. :) Um abraço.

Re: A maldição de Bella Guttman

Porreiro, também gosto de ler estas cenas que se vai encontrando por ai sobre o passado do Benfica. Cumps.

Re: A maldição de Bella Guttman

o futebol , em particular o nacional, tem grandes laços com o paranormal. bruxas, galinhas pretas, macumbas, cerimónias nocturnas~fazem parte da história do nosso futebol Ainda hoje bem presente. do mais pequeno clube da aldeia até aos maiores da 1ªdivisão.

Alan Cardec

É verdade que Bella Gyttman disse isso. Também é verdade que a Hungria depois disso deixou a alta roda do futebol europeu e mundial. É finalmente verdade que o Benfica contratou um jogador homónimo de um conhecido místico que até ser desmascarado conseguiu enganar muita gente da alta sociedade do seu tempo: Alan Cardec. Espero que o jogador tenha mais de ilusionista, prestidigitador e de mágico que de bruxo.

Guttman não Gyttman

Já agora...

Kardec e não "Cardec". ;) Cumprimentos

Re: Já agora...

Exato, mas podes ter a certeza que o Alan se chama assim exatamente por causa do Kardec. No Brasil as pessoas tendem a acreditar em coisas estranhas ainda mais do que por cá. Como dizia o outro: "Eu não acredito em bruxas, mas que as há, há..." Cumps ;)

Ha quem diga que foram as bruxas espanholas

Irritadas por o Benfica derrotar sempre equipas espanholas na final,a verdade é que actualmente o Benfica não está ao nivel dos grandes colossos mundiais,nem o Benfica nem o Porto e Sporting,estão ambos numa linha de segunda classe do futebol europeu

Re: Ha quem diga que foram as bruxas espanholas

Ambos os três...? :) Segunda linha estará, neste momento, o FCP (em termos de estatuto europeu). Os outros 2 estarão numa 3ª linha, às vezes a roçar a 4ª. Digo isso não em prol do actual estado, mas dos últimos anos (que no fundo é o que serve de referência). Neste momento, no estado actual, penso que o SLB caminha para a 2ª, o FCP tenta segurar a posição, e o SCP... 3ª linha, mais do ponto de vista Europeu. Mas ainda terá que limpar a má imagem do ano passado. A 1ª linha está, desde há algumas décadas, reservada aos clubes bilionários (RM, Barça, MU, Chelsea, Milan, Inter, ...). Para um clube de 2ª linha ganhar uma grande competição europeia, terá que se conjugar uma série de factores favoráveis, e isso é como aguardar um meteorito - acontecerá em média de X em X anos. Estatisticamente, a probabilidade de um clube português ganhar a CL ainda assim parece ser superior à de um clube, que não dos 3 grandes, ganhar o campeonato português. Sei que não é comparável dadas as diferenças no tipo de competição, mas não deixa de ser curioso. Cumps.

Re: Ha quem diga que foram as bruxas espanholas

O Benfica o ano passado roçou a quarta é verdade,aqueles 5-1 na Grécia ainda hoje me dão arrepios foi dos jogos em que mais me revoltei contra atitude da equipa,mas eu falo não só desta e da ultima época mas nas ultimas,o Benfica recentemente teve um ano em que deu cartas na champions onde eliminou o campeão europeu ,e o Sporting foi a uma final da taça uefa,por isso acho que estao todos numa 2ºlinha,e o Porto saboreou recentemente taça uefa,liga dos campeões e foi campeão do mundo de clubes,por isso acho que vendo bem as coisas estão todos numa segunda linha,e o Braga começa aparecer no calendario europeu ,este ano falhou mas certamente é um clube que dificilmente não está na Europa. Sim isso de ser mais provavel o Porto ganhar a champions do que um Braga ou Nacional vencer a liga portuguesa é verdade,também pelo formato da competição.

Prefiro a cena das galinhas pretas...

e da magia negra ao jogadores do Sporting que apareceram algures no Brasil! Resumindo é conversa para limpar ao cu. Saudações Leoninas

...Parece que o Mourinho...

sofre do mesmo trauma , desde que saíu do Porto , nunca mais conquistou nada a nivel Europeu ... Misticismo?!?não sei , mas que as há , isso HÁ !!!

O grande mestre alves.. lolll

Eu não conhecia muito bem o trabalho desta personagem e muito menos os seus famosos vídeos no youtube, mas depois de ter estado ao lado dele com o pauloferreira na Luz não pude deixar de fazer uma rápida pesquisa na net ;) Aqui fica uma "pérola" brilhante bem a propósito do artigo: http://www.youtube.com/watch?v=aZ2xE0fP1qQ Já agora.. UM GRANDE ANO DE 2010 PARA TODOS OS RELVAS!!!!

Re: O grande mestre alves.. lolll

Ele mesmo uma personagem xD... Vejam isto: http://www.youtube.com/watch?v=LrLc6xt4YSY&feature=related Parti a moca a rir xD

Fotogalerias

JOGOS TV

Não serão exibidos jogos nos próximos dias

Resultados

Alemanha 1 - 0 Argentina
Mundial 2014
13/07/2014 - 20:00
Brasil 0 - 3 Países Baixos
Mundial 2014
12/07/2014 - 21:00
Países Baixos 0 - 1 Argentina
Mundial 2014
09/07/2014 - 21:00
Brasil 1 - 7 Alemanha
Mundial 2014
08/07/2014 - 21:00
Argentina 1 - 0 Bélgica
Mundial 2014
05/07/2014 - 17:00